Gurupi vivenciou no final da tarde desta quarta-feira, 30, um momento histórico na campanha à eleição suplementar marcada para o próximo domingo, 3. Milhares de pessoas foram às ruas para manifestar seu apoio à candidatura de Mauro Carlesse ao Governo do Estado pela coligação Governo de Atitude, numa caminhada que percorreu a Avenida Goiás até a Rua 13, na saída para o município de Peixe.

Além dos participantes, Carlesse recebeu manifestações de apoio de trabalhadores do comércio local e de populares que enxergam no candidato uma oportunidade de ver o município voltar a crescer. Ao final da caminhada, ele falou aos gurupienses, reforçando sua relação com o município, que foi por ele escolhido para morar e constituir família quando mudou-se de São Paulo para o Tocantins. “Quero agradecer a Deus por estar aqui com vocês nessa caminhada brilhante. Pudemos ver o carinho que o povo tem por nós. Foi aqui que comecei a fazer meus investimentos, ingressei na política e Gurupi e região me deram a eleição de deputado estadual”, lembrou.

A grande reunião que seria realizada durante a noite foi suprimida da agenda do candidato em respeito a uma manifestação organizada no município em protesto contra os altos custos de combustíveis e demais suprimentos, convocada no ápice da greve dos caminhoneiros. No entendimento de Carlesse, a não realização do evento foi uma forma de demonstrar seu apoio irrestrito aos manifestantes. “Decidi não fazer o comício porque eu apoio essa greve dos caminhoneiros, e não só deles, mas de toda a população, que não tem condições de pagar essas altas taxas de impostos que temos, não só na gasolina, mas no diesel, energia elétrica, no botijão de gás. Decidi não fazer em respeito a esse povo tão sofrido que está nas ruas”, frisou.

Ele optou por falar à multidão que o seguia logo após o encerramento da caminhada, sem subir em palanque ou trio elétrico e aproveitou o momento para reforçar todos os avanços que o Tocantins conquistou desde que assumiu o governo interinamente, em áreas como a saúde, com o programa Opera Tocantins e a retomada da prestação de serviços do Plansaúde; na educação, com o pagamento do transporte e merenda escolar aos municípios; na segurança, com a retirada de policiais de áreas administrativas para as ruas; assim como o pagamento de salários dos servidores públicos no primeiro dia de cada mês, o pagamento da data-base, dentre outros.

“Enquanto os outros candidatos estão prometendo que vão fazer, nós já estamos fazendo. Essa é a diferença. O crescimento da nossa candidatura não é à toa. É a população que está vendo o trabalho que estamos fazendo, os secretários e servidores do Estado”, destacou.

Em seu discurso, o candidato a vice-governador na chapa da coligação, Wanderlei Barbosa, frisou que a eleição de Carlesse é a oportunidade de cada tocantinense se ver representado pelo Executivo estadual. “Chegou a vez do povo. O Mauro está fazendo um projeto diferente, voltado para o interesse e para valorização das pessoas”, destacou.

União

Representantes de todos os grupos políticos de Araguaína estiveram presentes em Gurupi. Nos discursos, a defesa da união das diversas regiões do Tocantins para a construção de um estado melhor e mais justo. O deputado federal Cesar Hallum resumiu o sentimento dos líderes da região norte e pediu que o sul do Tocantins se una para fortalecer ainda mais esta corrente. “Viemos lá de Araguaína para dizer a vocês que o norte do Tocantins está apoiando Mauro Carlesse 31, porque entendemos que esse Estado não pode ter divisão. O norte e o sul são um só. O Estado é um, e precisamos ter unidade para ter estabilidade”, frisou.

De Gurupi, o ex-vereador Gleydson Nato enfatizou a importância para Gurupi de eleger um governador do município e criticou lideranças locais que não enxergaram a oportunidade que esta eleição representa para o desenvolvimento da cidade e de toda a região.

Dentre as lideranças que acompanharam Carlesse na grande caminhada em Gurupi estiveram presentes também os deputados federais Carlos Henrique Gaguim e Lázaro Botelho; os deputados estaduais Luana Ribeiro, presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo do Dertins, Valderez Castelo Branco, Eli Borges, Toinho Andrade e Cleiton Cardoso; Tiago Dimas, representando o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas; o ex-vereador de Gurupi, Gleydson Nato, presidente do PHS metropolitano, e outros, como prefeitos e vereadores de municípios circunvizinhos.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.