A Chapa UFT Forte: Diálogo e Ação que tem como candidatos os professores Adão Francisco e Marluce Zacariotti mobiliza a comunidade acadêmica de Araguaína nesta segunda-feira, 29. Durante todo o dia a agenda terá visitas, diálogo e debate com estudantes, técnicos e professores.

A Chapa prega uma UFT forte, proativa e que resolva os problemas internos bem como a autonomia dos campus. A conclusão das obras em Araguaína também foi citada pelo professor em sua fala aos acadêmicos. ” Não há proativismo do atual grupo no sentido de dialogar com os agentes políticos para garantir os recursos para conclusão das obras. Uma universidade de tamanha importância não pode ter engessamento institucional”, disse.

A disposição para ter atitude e tomar as decisões urgentes que a instituição precisa também foi ressaltada . ” Nós estamos nos propondo a fazer porque a Universidade precisa de respostas urgentes”, disse.

O Professor falou ainda sobre as políticas de assistência estudantil em todos os aspectos,  neste sentido, defendeu a construção de uma Casa do Estudante própria da UFT e também do Restaurante Universitário no campus.

Os estudantes, por sua vez, pediram mais atenção para a manutenção do campus  e elogiaram as propostas apresentadas pela UFT Forte.

Propostas

Além da descentralização com autonomia administrativa dos câmpus, na gestão de recursos e rediscussão das matrizes orçamentárias, estão dentre as propostas o fortalecimento das ações e políticas institucionais relativas à vida funcional, qualificação e carreira dos servidores técnico-administrativos bem como professores.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.