Deputada Federal Josi Nunes (PMDB)
Deputada Federal Josi Nunes (PMDB)

A deputada estadual Josi Nunes(PMDB) lamentou a decisão do Congresso Nacional de manter o veto total ao Projeto de Lei 3338/08, do deputado Felipe Bornier (PSD-RJ), que fixava a carga horária máxima de trabalho dos psicólogos em 30 horas semanais sem a redução de salário.

No início da semana, Josi chegou a usar a tribuna defendendo a derrubada do veto.  “Eu sou psicóloga e defendo veementemente que o Congresso Nacional avalie este veto sobretudo com o binômio conveniência e oportunidade para que nós possamos derrubar este veto que vem contra todos os estudos e justificativas plausíveis para a jornada de trabalho desta categoria”, declarou a deputada em seu pronunciamento.

Para a peemedebista, as 30 horas de trabalho dariam maior qualidade nos serviços de saúde e assistência social prestados aos usuários da saúde pública, uma vez que diversos estudos já  teriam demonstrado que o aumento de duração de horas não está, de forma alguma, associado ao aumento da produtividade. “A excessiva carga de trabalho a diminui: um aumento de 10% no tempo de trabalho diminui a produtividade em 2,4%”, completou.

O projeto foi integralmente vetado pela presidente Dilma Rousseff com o argumento de que essa redução impactaria principalmente o orçamento dos municípios, com possível prejuízo à política de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Ao todo, 205 deputados votaram a favor da derrubada do veto, mas seriam necessários 257 votos . Outros 95 deputados opinaram pela manutenção do veto.

Votação

A deputada federal Josi Nunes que votou contra o veto, esclareceu durante a Sessão do Congresso que houve um equívoco na computação do seu voto. “Na cédula votei contra o veto, mas na hora dos destaques ouve uma confusão com relação a orientação do partido. Quero que deixe aqui registrado que é a nossa intenção é votar contra o veto. Trabalhei, pedi apoio, fiz pronunciamento.  Então, só quero solicitar esse registro que na hora dos destaques ouve este equivoco”, esclareceu a parlamentar, que ainda enviou um ofício a mesa diretora reforçando o seu posicionamento contra o veto.( Com informações da Agência Câmara)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.