Visando capacitar os coordenadores pedagógicos e orientadores de estudo que atuarão nas ações do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic) no Tocantins, acontece, a partir desta segunda-feira, 6, a segunda etapa de formação para estes profissionais. A cerimônia de abertura acontece no auditório da Faculdade Católica do Tocantins, às 8h, com a participação dos representantes das instituições parceiras na execução do Pnaic no Estado: Universidade Federal do Tocantins (UFT), Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), e União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

O Pnaic é um compromisso assumido pelos governos Federal, dos Estados e Municípios, desde 2012, para assegurar a plena alfabetização de todas as crianças brasileiras até os 8 anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental. No Tocantins, para chegar a esse resultado, a formação do pacto alcança mais de 3.500 alfabetizadores dos 139 municípios tocantinenses. Desde a implantação do Pnaic, os educadores do Estado já foram capacitados nas áreas de linguagens (alfabetização e letramento), matemática, gestão escolar, currículo, ciclo de alfabetização e interdisciplinaridade.

A formação para os coordenadores regionais e locais acontece no período de 6 a 10 de fevereiro. Para os orientadores de estudos, o curso será de 13 a 17 do mesmo mês. A capacitação é coordenada pela UFT e atingirá os coordenadores das 13 Diretorias Regionais de Educação, 139 coordenadores locais e 202 orientadores de estudos. A Seduc e secretarias municipais de educação são responsáveis por ofertar a formação aos professores alfabetizadores e coordenadores pedagógicos que atuam diretamente com os estudantes. O curso será ofertado nas modalidades presencial e Educação a Distância (EaD) até abril de 2017.

Durante a formação, a titular da Seduc, professora Wanessa Sechim, irá ouvir os profissionais que atuam no Pnaic para uma espécie de diagnóstico da atual situação das ações no Estado. “O Ministério da Educação está convidando os secretários estaduais de educação e os representantes da Undime para discutir a reformulação do Pnaic, por isso, vamos aproveitar esta oportunidade para conversar e ouvir os profissionais do Estado para avaliar os resultados do programa e assim levar as contribuições do Tocantins para o redesenho do Pnaic nacional”, esclarece.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.