262516_300A Polícia Militar, por meio do Batalhão de Polícia Militar Ambiental, apreendeu 32 jabutis, que eram mantidos em cativeiro, no município de Miracema, nesta terça-feira, 26. A prática de cativeiro de animais silvestres configura crime ambiental.

Após uma denúncia anônima, os militares se deslocaram até uma residência, na qual os quelônios foram recolhidos e o indivíduo envolvido foi multado administrativamente no valor de R mil reais, conforme legislação ambiental. Além de ser conduzido à Delegacia de Polícia para as devidas providências.

Os jabutis foram encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres – CETAS, na 2ª Cia de Policia Militar Ambiental em  Araguaína, para reabilitação e posterior soltura em seu habitat.

O BPMA orienta que criar animais silvestres sem a devida licença do órgão ambiental competente configura crime ambiental sujeito a multa administrativa e sanções criminais prevista na Lei nº 9.605/98 e Decreto nº 6514/98.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.