A aposentada Maria do Rosário Paulino Carvalho, de 57 anos, sofreu ferimentos nos olhos e nariz e levou 16 pontos após ser atingida por uma linha de pipa com cerol quando trafegava de moto pela Avenida Tocantins, em Taquaralto, região sul de Palmas.

O acidente aconteceu por volta das 17h30, na segunda-feira, 13, quando ela se deslocava para fazer caminhada na avenida, no sentido a Porto Nacional.

Maria do Rosário conta que percebeu quando algo passou por dentro do capacete, mas não imaginou a gravidade dos ferimentos. “Eu deixo a moto na pista e vou caminhar. Mas quando passei, a viseira estava um pouco aberta, e senti a linha passar pelo meu rosto. Não consegui parar na hora, mas quando parei e tirei o capacete, meu rosto estava ensanguentado”, diz, contando que a linha cortou uma de suas pálpebras e o nariz.

Maria do Rosário estava acompanha de sua irmã, a também aposentada Deusina Paulino Feitosa, de 82 anos, que não se feriu.

Quem passou pelo local no momento até tentou ajudar a aposentada, que temia que a linha tivesse atingido seu olho. Maria do Rosário diz ainda que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e o Corpo de Bombeiros chegaram a ser acionados, mas como não poderiam atender a ocorrência, ela foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento Norte (UPA Norte) por duas pessoas.

Fui atendida e levei 16 pontos no rosto. Minha sorte foi que a viseira estava aberta. Se tivesse fechada, a linha tinha cortado meu pescoço. Foi um susto muito grande”, relata Maria do Rosário.

Aliviada por não ter sido um acidente mais grave, a aposentada ainda comentou que também se preocupou com a irmã idosa, que estava na garupa, e que sabia dos perigos da linha cortante, geralmente utilizada para empinar pipa. “É um perigo. Essa linha de cerol é muito perigosa porque é vidro com cola que passam no fio”.

Comentários do Facebook