Na tarde desta segunda-feira, 11, os policiais militares do 7º BPM realizaram a abordagem a uma mulher em atitude suspeita. Em uma bolsa, que estava em poder da mesma, foi encontrada uma porção de substância análoga à maconha, o valor de R$ 64,00 em espécie e dois aparelhos de celulares.

A mulher confessou aos policiais ser cunhada de um traficante que reside na cidade de Colinas do Tocantins, o qual teria pedido a ela buscasse 300 gramas de crack em Guaraí com outra mulher.

Ainda de acordo com a suspeita, ao chegar na residência indicada, a mesma fez contato com a mulher que lhe entregaria a droga por um aplicativo de mensagens. Nesse ínterim, a suspeita foi surpreendida pela equipe da PM.

Nas buscas, foi encontrado em um dos quartos da casa uma pedra amarelada com aparência de crack, pesando aproximadamente 293 gramas e R$ 1.151.00 em espécie, além de quatro comprovantes de depósito.

Diante dos fatos, a PM conduziu as autoras à Central de Flagrantes, as quais foram apresentadas, juntamente com o material ilícito apreendido, à autoridade policial que fez a autuação em flagrante.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.