Rodrigo Carvalho Dias, de Araguaína, foi o representante do Tocantins na última edição
Rodrigo Carvalho Dias, de Araguaína, foi o representante do Tocantins na última edição

Proporcionar uma viagem de intercâmbio aos Estados Unidos para estudantes brasileiros é o propósito do Programa Jovem Embaixador, promovido pela Embaixada Americana. A última etapa da seleção estadual do programa, acontece nesta quarta-feira, 21, a partir das 9h30, na sala de reuniões da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc). Às 13h30, os estudantes farão a prova oral, para avaliar, dentre outros aspectos, o conhecimento da língua inglesa.

Participam da seleção, 13 alunos de escolas públicas de ensino médio das cidades de Araguaína, Arraias, Colinas, Guaraí, Miracema, Paraíso e Palmas. Destes, quatro serão selecionados para concorrer na etapa nacional a vaga de representante do Tocantins na edição 2017 do Programa Jovem Embaixador.

Neste ano, o Tocantins registrou um aumento no número de inscritos no programa. No total, 185 alunos tocantinenses se inscreveram nesta edição. De acordo com a técnica da gerência de Programas e Projetos da Seduc, Márcia Ribeiro, que coordena o programa no Tocantins, a ampliação de candidatos em 2016, se deve à intensa mobilização realizada pela pasta. “A Seduc realiza uma série de ações de divulgação do programa nas escolas, a fim de incentivar a participação dos estudantes nesse programa que proporciona uma experiência tão significativa para a vida acadêmica e pessoal dos escolhidos”, relata.

No ano passado, o araguainense Rodrigo Carvalho Dias, aluno do Centro de Ensino Médio Paulo Freire, foi o representante do Tocantins no Programa Jovem Embaixador. Ele e os demais selecionados fizeram um intercâmbio de um mês nos EUA em janeiro deste ano.

O programa

O programa, idealizado pela Embaixada Americana, é destinado aos alunos da rede pública, com excelente desempenho escolar e domínio da língua inglesa. Para ser selecionado é necessário ter perfil de liderança, além de participação em serviço voluntário. De 2005 a 2015 mais de 2.500 alunos do Tocantins se inscreveram no programa e 11 jovens já representaram o Estado.

No cronograma de atividades, da viagem que acontece em janeiro, os alunos passam a primeira semana na capital dos EUA, Washington, onde visitam escolas, projetos sociais e participam de oficinas de liderança. Em seguida, são divididos em subgrupos e viajam para estados dos EUA e são hospedados por uma família americana. Lá eles assistem às aulas em escolas do Ensino Médio, participam de atividades voluntárias e fazem apresentações sobre o Brasil.

 

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.