O presidente da UVET Elson Ribeiro está unido com o presidente da ATM João Emílio
O presidente da UVET Elson Ribeiro está unido com o presidente da ATM João Emílio

A União dos Vereadores do Estado do Tocantins (UVE), representada pelo seu presidente Elson Ribeiro dos Santos, vereador de Tocantinópolis, afirma que a entidade está totalmente engajada e sensibilizada com a mobilização da ATM – Associação Tocantinense dos Municípios, presidida pelo prefeito de Brasilândia, João Emídio de Miranda.

A mobilização de paralização acontecerá de 28 de setembro a 02 de outubro de 2015 datas em que as prefeituras do Tocantins vão fechar as portas para expedientes, funcionando apenas os serviços essenciais como arrecadação, saúde pública e limpeza urbana.

Nós sabemos que é uma causa justa, e que essa falta de respaldo financeiro que vem ocorrendo há anos, está prejudicando o desenvolvimento de nossos municípios, principalmente dos menores, que segundo dados da ATM – Associação Tocantinense dos Municípios, 125 municípios tocantinenses dependem das receitas de FPM – Fundo de Participação dos Municípios, para cumprirem suas obrigações, como a folha de pagamento e fornecedores em geral”, observou o Presidente da UVET Elson Ribeiro, dizendo ainda que vai passar expediente para todos os Presidentes de Câmaras Municipais do Tocantins, mesmo aquelas que ainda não são filiadas a UVET, para darem este fundamental apoio neste momento de crise institucional que os municípios estão passando.

“Costumo dizer, se as coisa vão bem, tudo caminha dentro da normalidade. Quando vão mal, o Vereador é quem sofre, ouvindo a voz e o grito sofredor de nosso povo”, relatou Elson Ribeiro, enfocando que é por este motivo que precisa a união entre os Poderes.

Essa paralisação será a busca dos direitos do povo e um marco de alerta dos municípios frente a este grave problema que está enfrentando, devido as constantes diminuição dos percentuais de repasse constitucional aos municípios.

Nossos representantes, tanto nas esferas estadual e federal, devem se movimentar buscando alternativas para este sério problema de diminuição constante de repasse de FPM, que pode desencadear em inadimplências, onde os maiores atingidos serão nossas comunidades e pequenos empresários espalhados por todos os 139 municípios do Tocantins.”

Elson Ribeiro dos Santos

Presidente da UVET

(Luiz Barbosa Aguiar)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.