Os resultados de pesquisas em áreas como clima, controle de pragas e avaliação de cultivares de milho e soja foram apresentados em palestras realizadas na sede da Coapa (Cooperativa Agroindustrial do Tocantins), em Pedro Afonso, na noite dessa quarta-feira, 29 de junho.

O encontro técnico, uma parceria da Coapa e da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), apresentou um balanço dos experimentos feitos na Safra 2015/2016 na Fazenda Uruçu e na Fazenda Brejinho, ambas localizadas na zona rural pedroafonsina.

Foi uma oportunidade para cerca de 40 produtores rurais e técnicos terem acesso a dados importantes da cadeira produtiva de grãos. Os resultados também ficarão disponíveis na Coapa para outros produtores que não puderam comparecer ao evento.

Para o presidente da Coapa, Ricardo Khouri, os dados das pesquisas realizadas em parceria com a Embrapa serão de grande utilidade para os produtores de grãos, que passam a ter informações técnicas que podem contribuir para o aumento da produtividade no campo.

O agricultor Luiz Gilberto Ramos, proprietário da Fazenda Uruçu e um dos maiores produtores de grãos da região, destacou que a geração de novas tecnologias beneficiam diretamente o produtor rural.

Conforme o chefe substituto do Núcleo de Pesquisas Agrícolas da Embrapa Pesca e Aquicultura, Rodrigo Munhoz de Almeida, nos últimos anos o órgão federal realiza pesquisas na região de Pedro Afonso e tem trazido informações para sanar as dúvidas mais frequentes dos produtores em áreas como testes de cultivares, híbridos, adubação, controle de pragas e doenças, plantio direto e integração lavoura-pecuária.

“As parcerias são muitos importantes, porque precisamos saber da demanda dos produtores, o que eles precisam para melhorar o sistema produtivo e aumentar a produtividade em suas propriedades”, disse Rodrigo Munhoz, ao destacar a parceria com a Coapa. “Vamos continuar trabalhando juntos para gerar conhecimento e dados atuais aos produtores”, completou.

O trabalho de pesquisa na Safra 2015/2016 foi feito por oito pesquisadores e quatro analistas.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.