Foto: t1
Foto: t1

O prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB), em seu discurso durante encontro com pré-candidatos a prefeito e a vereadores do PSB, não poupou críticas ao Governador do Estado Marcelo Miranda. Estavam presentes no evento várias lideranças políticas, como o ex-senador do Espírito Santo, Renato Casagrande, deputados e prefeitos.

O prefeito da capital deu um puxão de orelhas em Marcelo Miranda, criticou a indiferença de como o chefe do executivo estadual tem tido com os servidores públicos.

Amastha disse que o Tocantins está sem gestão, Marcelo Miranda está perdido. Disse que ‘nessa altura do campeonato o Governador ainda está devendo a data-base de 2015’, governo sem planejamento, alfinetou o prefeito.

As alfinetadas ao governador continuaram durante a fala de Renato Casagrande, que também é presidente da Fundação João Mangabeira e secretário nacional do PSB. Ele entregou o livro “Estado presente em defesa da vida”, que trata da segurança e redução da criminalidade no Espírito Santo, ocasião em que Amastha pediu para que um exemplar fosse entregue a Miranda. “Por favor entregue um deste para o governador Marcelo Miranda. Ele está precisando”, afirmou Amastha, que continuou: “não tem um destes para a saúde não?”.

O prefeito Amastha concluiu dizendo que os argumentos de Marcelo Miranda para justificar a má gestão do Estado atualmente não convencem e são injustificáveis. O problema é falta de planejamento e a desorganização da gestão de Marcelo Miranda, disse ele. (Com t1 Notícias)

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.