A inauguração de uma nova ala de internação do Hospital Geral de Palmas (HGP), marca o início de uma nova fase para o setor da Saúde no Tocantins. Os pacientes internados na tenda improvisada no hospital foram removidos para o 2º andar da unidade hospitalar. O local foi visitado pelo governador Marcelo Miranda, na manhã desta segunda-feira, 8, acompanhado da deputada federal e primeira-dama, Dulce Miranda; e da vice-governadora Cláudia Lelis; entre outras autoridades.

Marcelo Miranda destacou a importância do investimento em saúde. “Não se pode fazer política com saúde. O que a população precisa é de políticas de saúde e tivemos coragem de fazer isso: trabalhar para garantir importantes avanços na qualidade da saúde dos tocantinenses. O que estamos vendo aqui hoje é um exemplo do que estamos fazendo. Não estamos parados”, destacou.

O secretário de Estado de Saúde, Marcos Musafir, destacou que as obras continuam e com previsão de que novas alas sejam inauguradas ainda esse ano. “Nós estamos dando continuidade às reformas e às obras de ampliação. Na parte de cima teremos um andar igual a esse, com 96 leitos. Estamos avançando na obra do novo Centro Cirúrgico, que contará com 10 salas de cirurgias; da nova unidade de terapia intensiva, que contará com 60 leitos; do novo centro de traumas e da nova emergência clínica”, ressaltou.

Nova ala

O 2º andar do Hospital Geral de Palmas, entregue nesta segunda-feira, corresponde a 2.900 m², conta com 96 leitos de internação e 48 quartos. A entrega desta primeira etapa da obra vai promover maior conforto aos pacientes, acompanhantes e servidores atuantes no hospital, e ainda o fim da tenda improvisada na unidade desde o ano de 2013.

A dona de casa Maria Elaíde da Silva acompanha o filho Nonato Pereira da Silva. Ele ficou internado na tenda improvisada após sofrer um acidente de carro. “Esse novo espaço é ótimo. Acredito que vai melhorar muito no processo de recuperação. Agora estamos esperando a cirurgia, mas com conforto”, disse.

“A mudança para esse novo espaço melhorou bastante. Trouxe mais conforto e melhorou o atendimento. Antes era todo mundo junto, agora está mais fácil para os médicos saberem onde estão os pacientes que eles estão atendendo”, apontou a paciente Eva Ferreira Costa Silva, internada para fazer uma cirurgia de hérnia de disco.

Obras

A conclusão de toda a obra de reforma e ampliação do Hospital Geral de Palmas, orçada em R$ 84,6 milhões, possibilitará a entrega de mais 200 novos leitos, além do novo Centro Cirúrgico, que contará com duas salas cirúrgicas de grande porte, quatro de médio porte e quatro de pequeno porte, totalizando 10 salas; e o espaço do pronto socorro, que será aumentado mais 2.300 m², tudo para melhor a qualidade no atendimento da população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.