Num jogo com poucas emoções e truncado, Interporto e Tocantinópolis empataram por 0 x 0, neste sábado, 30, no Estádio General Sampaio, em Porto Nacional, a partida de ida da final da 23ª edição do Campeonato Tocantinense. Com o resultado, o TEC está a um empate de quebrar um jejum de 12 anos sem conquistar o título estadual. A partida da volta vai ocorrer no próximo domingo, dia 7 de junho, às 16 horas, no Estádio Ribeirão, em Tocantinópolis. Já ao time portunense, resta apenas à vitória para conquistar seu terceiro título seguido.

Jogo

Mesmo jogando fora quem tomou a iniciativa da partida foi o Tocantinópolis que nos minutos iniciais controlou o domínio da posse de bola. Aos 13 minutos, em jogada de contra-ataque o meia Gama bateu colocado à meia altura e o goleiro Carlão fez boa defesa mandando a bola para escanteio. Só após a parada técnica é que o Interporto acordou na partida. Aos 27 minutos, o meio-campista Matera cruzou na área e o atacante Willian cabeceou para fora. Dez minutos depois o atacante João Pedro cruzou na área e novamente Willian desperdiçou cabeceando para fora. Aos 45 minutos, o lateral-direito Feltre ganhou de Stanley na área do Interporto e chutou com perigo para o gol de Carlão. Aos 46 minutos, a chance mais real do jogo foi do atacante Bruno Maranhão. Ele recebeu passe de Willian dentro da área e bateu tirando do goleiro Chadwick, mas a bola passou perto e foi fora.

2º tempo

Já na segunda etapa, o time portuense veio mais ligado e criou algumas oportunidades. Aos 6 minutos, Matera cobrou falta e a bola passou rente à trave levando muito perigo. Aos 15, Matera achou Wesley dentro da área sozinho, mas o jogador chutou por cima do gol. Depois disso, o Interporto caiu de rendimento, e o TEC chegou a administrar a posse de bola criando uma chance no finalzinho do jogo com o atacante Vagner Sergipano, que dentro da pequena área chutou para boa defesa de Carlão. E foi só. Os mais de 1.248 torcedores que foram ao General Sampaio sairam frustrados com o resultado, festa mesmo que fez foi a barulhenta galera de Tocantinópolis.

O árbitro da partida Tiago Costa, que teve uma boa atuação junto com seus assistentes, Natal Junior e Wagner Alves, distribuiu oito cartões amarelos, sendo cinco para os visitantes e três para os donos da casa. Foram assinalados 44 faltas. O Interporto fez 17 e o TEC 27.

Ficha Técnica

Interporto: Carlão; Isac (Wesley), Da Silva, Everson e Stanley; Paulo Roberto, Matera, Valdo e Bruno Maranhão (Luciano) (Rodrigo), João Pedro e Willian – Técnico: Roberto Oliveira.

Tocantinópolis: Chadwick; Feltre, Filho (Alisson), Gian e Edinho; Izaquiel, Pedro Panca, Sávio e Gama (Diego Carioca); Vagner Sergipano e Jean (Wellington Sorriso). Técnico: Neto Costa.

Cartões amarelos: Paulo Roberto, joaõ pedor e Valdo (Interporto); Edinho, Chadwick, Jean e Gama (TEC).

 Árbitro: Tiago Costa (Colinas) – Assistentes: Natal Junior (Paraíso) e Wagner Alves (Paraíso) – Quarto Árbitro: Tarcísio Matos (Palmas) – Local: Estádio General Sampaio – Renda: R$ 19.360,00 – Público pagante: 1.168 – Não pagante: 80 –Total: 1.248. (Alo Esporte)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.