Presidente da OAB-TO, Walter Ohofugi
Presidente da OAB-TO, Walter Ohofugi

A OAB-TO (Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins) promove, na próxima quarta-feira, 2 de março, às 18 horas, no Plenário da instituição na Capital, uma audiência pública para ouvir as demandas da advocacia palmense que serão encaminhadas à Corregedoria do Tribunal de Justiça. A audiência pública ocorre agora por que desde o dia 29 de fevereiro até 18 de março ocorre a Correição da Comarca de Palmas.

“Este é o momento para a nossa categoria apresentar as dificuldades e os problemas. E temos muita coisa e vamos apresentar nosso detalhamento”, ressaltou o ouvidor Marcus Moreira, que será o responsável pela audiência pública.

Correições
Conforme o cronograma estabelecido pelo Tribunal de Justiça, 20 comarcas vão passar por Correição, sendo que a Capital será a primeira. Até o dia 18 de março, os juízes auxiliares e assessores da Corregedoria realizarão visitas individualizadas a todas as serventias judiciais e Varas de Palmas, além das Serventias Extrajudiciais e Estabelecimentos Prisionais da capital.

“A correição é a possibilidade do Poder Judiciário fazer uma auditoria nos serviços judiciais da comarca e também extrajudiciais e possibilitar ao jurisdicionado o acompanhamento desses trabalhos, além de observar eventuais demandas que o jurisdicionado traz tanto na audiência de abertura quanto no encerramento”, ressalta o corregedor geral da Justiça, desembargador Eurípedes Lamounier. (Com informações da Assessoria do TJ)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.