Claudia Lelis e Marcelo Miranda

Está previsto para entrar na pauta de julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) da próxima quinta-feira, 23 de fevereiro, o recurso eleitoral que pede a cassação do governador Marcelo Miranda (PMBD). A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação do TSE.

A ação foi impetrada pela coligação “A mudança que a gente vê”, do ex-governador Sandoval Cardoso, e foi apreciado pela ministra Luciana Lóssio. A ministra havia encaminhado ontem o pedido para que o processo fosse incluído na pauta de julgamento.

O governador Marcelo de Carvalho Miranda é investigado judicialmente devido a prisão em flagrante de quatro pessoas no aeroporto da cidade de Piracanjuba (GO) no momento em que embarcavam em uma aeronave de propriedade da Construtora ALJA Ltda, levando R$ 500 mil em espécie.

O dinheiro havia sido sacado momentos antes na agência da Caixa Econômica Federal dá conta de Lucas Marinho Araújo, de onde já havia sido transferido mais de R$ 1 milhão para outras contas-correntes no Tocantins. O dinheiro seria oriundo de caixa 2 durante a campanha Miranda em 2014. A suspeita é que o uso do avião caracteriza a prestação de um serviço não declarado nas contas eleitorais. (Jornal do Tocantins)

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.