Secretário foi assassinado na porta de casa em abril de 2017

Operação conjunta realizada pela Delegacia Regional de Araguatins, Delegacia de Polícia Civil de São Miguel do Tocantins e o Grupo de Operações Táticas Especiais – GOTE, na manhã desta terça-feira, 23, resultou na prisão de Adonísio Lima Cardoso, acusado de ser o responsável pela morte de Edilson Ferreira dos Santos, secretário municipal de esportes e juventude de São Miguel do Tocantins.

Adonísio estava foragido e foi encontrado em sua cidade natal, Montes Altos, no Maranhão, após investigações comandadas pela Delegacia de Polícia Civil de São Miguel do Tocantins. Em desfavor do acusado havia decreto de prisão preventiva expedido pela 1ª Escrivania Criminal de Itaguatins, o que levou ao cumprimento do respectivo mandado pela Polícia Civil tocantinense.

Após os procedimentos policiais cabíveis, o preso será encaminhado à Cadeia Pública Municipal de Augustinópolis, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

O crime

Edilson Ferreira dos Santos foi assassinado na noite do dia 04 de abril de 2017, quando estava sentado em frente a sua residência, na cidade de São Miguel do Tocantins. Segundo investigações da Polícia Civil, Adonísio Lima Cardoso foi o autor dos disparos de arma de fogo que levaram à morte do secretário municipal, fugindo imediatamente do local do crime, em sua motocicleta.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.