Motos apreendidas

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da Central de Atendimento e das 41° e 42° Delegacias de Colinas, realizou nesta sexta-feira, 18, operação pelas ruas da cidade com o objetivo de combater atividades ilícitas que geram perturbação do sossego à população. Ao todo quatro viaturas e quinze policiais civis participaram da ação.

Durante a operação aconteceram abordagens em bares e em locais com aglomerações, som automotivo e motocicletas com escapamentos alterados. Um dos locais vistoriados foi o setor Recando do Bosque, local onde, segundo a Polícia Civil, acontecem diversas ocorrências dessa natureza.

De acordo com o delegado plantonista Marco Aurélio Lima, com a chegada da Polícia Civil no local, a maioria dos motoqueiros fugiu, porém dois foram presos e autuados por perturbação do sossego alheio com o abuso de sinais sonoros e por dirigir sem habilitação. As motocicletas foram apreendidas na Central de Atendimento. Uma delas estava com sinais de identificação adulterados.

Em seguimento à operação, no centro da cidade de Colinas, foram presas outras duas pessoas que estavam com motocicletas com escapamentos alterados gerando perturbação do sossego à população. O delegado Marco Aurélio, destacou que a Operação Abafador “visa combater a prática de abuso de aparelhagem de som ou outro tipo de instrumento e veículos que estão modificados para fazerem barulho pela cidade”.

Ainda segundo ele, os cidadãos de Colinas ligam constantemente na Central de Atendimento da Polícia Civil denunciando essa prática de perturbação do sossego pela cidade. As ações de combate a este tipo de delito continuarão durante o plantão da Polícia Civil no município.

Comentários do Facebook