Tem início oficialmente nesta segunda-feira, 2, a Semana Nacional do Peixe. Até o dia 15 de setembro,uma série de atividades vão ser realizadas para estimular o consumo de pescado e fomentar a produção aquícola no país. O Tocantins é o 14º colocado entre as Unidades Federativas em produção de peixes.

De acordo com o coordenador de Aquicultura e Pesca do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), Alexandre Godinho, o Estado produz atualmente uma média de 10 mil toneladas de pescado ao ano. Através de capacitações de produtores, a meta é que esta produção aumente em quantidade e qualidade.

Conforme Godinho, a região sudeste é atualmente a principal produtora de pescado do Tocantins, com uma média de mais de 60% da produção estadual concentrada ali. Segundo ele, as espécies de peixe mais adaptadas para o confinamento são aquelas em formato de disco, como o Pacu e a Caranha. “As espécies arredondadas foram as que mais se adaptaram, mas a que melhor se adaptou foi o Tambaqui”, explicou.

Parques aquícolas

Lançados oficialmente em abril deste ano, os parques aquícolas no Lago da UHE Lajeado deverão ser um propulsor para produção de pescado no Tocantins. O projeto abrange os municípios de Palmas, Porto Nacional, Brejinho de Nazaré, Lajeado, Miracema, Tocantínia e Ipueiras. Com a implantação do Parque, a estimativa é que o Tocantins atinja o patamar de maior produtor aquícola do Brasil com uma estimativa de produção que supera 130 mil toneladas ao ano.

Os parques são fruto de amplo estudo de produção aquícola que envolveu um denso mapeamento da região, além de análises físico-químico-biológicas das águas para se ter a dimensão de quanto poderia se produzir ali, conforme o coordenador de Pesca e Aquicultura do Ruraltins. “Dentro desse estudo, o Ministério (da Pesca e Aquicultura) chegou à conclusão que seria possível fazer a instalação de 10 parques divididos em diversos lotes ali”, explicou Alexandre Godinho.

Na próxima semana, está previsto a visita do ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, a Palmas para divulgar a Semana Nacional do Peixe. Na ocasião, Crivella deverá fazer o lançamento oficial de uma parcela dos parques aquícolas do Lago da Usina Hidrelétrica de Lajeado, pontapé inicial para um grande impulso na produção de pescado no Tocantins.

Semana do Peixe

Realizada simultaneamente no Brasil em diversos estados brasileiros, a Semana do Peixe tem como principal objetivo o aumento na produção e no consumo de pescado pela população. No Tocantins, serão realizadas diversas atividades voltadas para o setor produtivo no sentido fomentar a produção de pescado no Estado. Serão realizadas blitz educativas, oficinas de culinária, ciclo de palestras sobre o aproveitamento do pescado, entre outras atividades. “O evento está bem diluído no Estado com todos os parceiros envolvidos diretamente”, frisou.

A abertura oficial da Semana do Peixe no Tocantins está prevista esta segunda-feira, 2, às 19h, no auditório do Sebrae, em Palmas.

Programação

02/09 – às 19h – Abertura oficial da 10ª Semana do Peixe no Tocantins – Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) / Auditório Sebrae – Palmas

01 a 15/09 – Promoção de pescado e gelo, festival de peixe e divulgação da 10ª Semana do Peixe nas Colônias de Pescadores

02 a 15/09 – Promoção de pescado, divulgação da 10ª Semana do Peixe, pesquisa de opinião e degustação nos supermercados de Palmas

05 e 06/10 – Campeonato de pesca esportiva e Festival do Peixe – Praia da Graciosa – Palmas.

05 a 15/09 – Blitz educativa e divulgação da 10ª Semana do Peixe nas Feiras livres.

05/09 – 08h30 às 12h00 e 14h00 às 17h00 – Seminário sobre incentivo à produção de pescado por meio da aquicultura – MPA / Auditório do IFTO – Palmas.

06/09 – 13h30 às 15h30 – Lançamento do edital dos Parques Aquícolas da UHE Lajeado pelo Ministro Marcelo Crivella – MPA / Auditório do Quartel do Comando Geral da Polícia Militar – Palmas.

10/09 – 14h00 às 17h00 – Mesa Redonda sobre o desenvolvimento da aquicultura no município de Brejinho de Nazaré.

11/09 – 08h30 às 12h00 – Curso de Boas Práticas de Fabricação de Pescado – Auditório da Embrapa – Palmas.

11 a 13/09 – 08h00 às 12h00 e 13h30 às 17h30 – Oficina de manipulação do pescado para pescadores da Colônia de Aragominas

12/09 – 8h00 às 12h00 – Oficina de culinária de peixes e benefícios do consumo – SENAC – Palmas.

12 a 15/09 – Festival Gastronômico com comidas a base de peixe – Restaurantes e bares de Palmas.

13/09 – 8h00 – Ciclo de palestras sobre o aproveitamento integral de pescado – UFT – Palmas.

13/09 – 11h00 – Degustação de produtos elaborados a partir de peixe – UFT – Palmas.

14 e 15/09 – Festival de comidas regionais a base de pescado e encerramento do Campeonato de pesca esportiva Tucunaré 2013 – Dianópolis.

 

(Philipe Bastos)

 

Comentários do Facebook