Lançamento de uma nova opção de arroz para os produtores rurais tocantinenses. Apresentação e reunião técnica sobre um protótipo de entreposto móvel de pescado. Apresentação de um sistema voltado à agricultura familiar e que integra a criação de peixes à produção de alimentos. Esses são alguns dos temas com que a Embrapa trabalhará durante a edição 2016 da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins), que vai de 3 a 7 de maio na capital Palmas.

A BRS Catiana é uma nova cultivar de arroz irrigado desenvolvida pela Embrapa e adaptada a várias regiões do país, inclusive o Tocantins. Nos testes, apresentou produtividade de até 9,9 toneladas por hectare em Lagoa da Confusão, região Oeste do estado conhecida pela produção dessa cultura. Além da alta produtividade, são características do arroz resistência à brusone, principal doença que ataca a cultura no Brasil, alta tolerância ao acamamento e facilidade de cozimento.

O lançamento oficial da BRS Catiana está marcado para às 10h de 05 de maio (quinta-feira), na Vila Embrapa, espaço reservado à empresa na Agrotins. O pesquisador Daniel Fragoso, da Embrapa Arroz e Feijão (Santo Antônio de Goiás-GO), falará sobre características da nova opção de arroz para o produtor rural tocantinense, que poderá conhecê-la numa lavoura demonstrativa. Acesse informações sobre a cultivar aqui e aqui.

Um dia antes, 04 de maio (quarta-feira), a Embrapa e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) vão apresentar um protótipo de entreposto móvel de pescado. A estrutura está em fase de testes e precisa ser validada. Durante a Agrotins, ocorrerá reunião técnica que vai tratar do entreposto. As atividades serão no Pavilhão do Sebrae, às 14h (apresentação da estrutura) e às 15h (reunião). Devem participar instituições relacionadas a áreas como inspeção sanitária.

Já o Sisteminha Embrapa, desenvolvido pela Embrapa Meio Norte (Teresina-PI), foi tema de oficina temática em fevereiro deste ano que resultou na construção de um tanque, o primeiro do Tocantins, relacionado à tecnologia. Confira informações sobre o sisteminha aqui e um vídeo aqui.

Mais programação:

A Embrapa também participará da Agrotins 2016 com palestras, oficinas (que têm público direcionado), cursos, estações tecnológicas e exibição de filmes. Confira a seguir.

Palestras:

“Site da Embrapa com acesso gratuito à informação técnico-científica para a agricultura”, com a pesquisadora Júnia Rodrigues de Alencar, da Embrapa Informática Agropecuária – no auditório 2 do Pavilhão Central, dia 04 (quarta-feira) das 15h às 15h50

“Girassol como alternativa de sucessão à soja”, com o pesquisador Leonardo Campos, da Embrapa Soja – no auditório 1 do Portal da Agricultura / Seagro, dia 05 (quinta-feira) das 10h às 11h

“BRS Catiana: nova cultivar de arroz irrigado para o Tocantins”, com o pesquisador Daniel Fragoso, da Embrapa Arroz e Feijão – no auditório 1 do Pavilhão Central, dia 05 (quinta-feira) das 15h às 15h50

Oficinas:

“Processamento pós-colheita de hortaliças”, com Neide Botrel, pesquisadora da Embrapa Hortaliças – no auditório 3 do Portal da Agricultura / Seagro, dias: 04 (quarta-feira) das 9h às 12h; 05 (quinta-feira) das 14h às 17h; e 06 (sexta-feira) das 9h às 12h

“Secagem de frutas”, com Roberto Machado, analista da Embrapa Agroindústria de Alimentos – no auditório 3 do Portal da Agricultura / Seagro, dias: 04 (quarta-feira) das 14h às 17h; 05 (quinta-feira) das 9h às 12h; e 06 (sexta-feira) das 13h às 16h

Cursos:

“Boas práticas agrícolas na produção do abacaxizeiro”, com Aristóteles Pires de Matos, pesquisador da Embrapa Mandioca e Fruticultura – no auditório 2 do Portal da Agricultura / Seagro, dia 05 (quinta-feira), das 9h às 12h

“Boas práticas agrícolas na produção da bananeira”, também com Aristóteles Pires de Matos, pesquisador da Embrapa Mandioca e Fruticultura – no auditório 2 do Portal da Agricultura / Seagro, dia 05 (quinta-feira), das 14h às 17h

Estações tecnológicas:

Há ainda estações tecnológicas dentro de três temas principais: peixe; agricultura; pecuária. Cada um desses temas, chamados caminhos, possui três estações:

Caminho do Peixe – estações sobre: Sisteminha Embrapa; Qualidade da água; Manejo alimentar e sanidade

Caminho da Agricultura – estações sobre: Grãos; Trincheira de solo e simulador de chuva; Reniva

Caminho da Pecuária – estações sobre: Pastejo intensivo / cultivares de gramínea; Irrigação de pastagens; Produção de madeira em Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF)

As visitas às estações serão realizadas em grupos e acontecerão nas manhãs dos dias 04 (quarta-feira) e 05 (quinta-feira).

Filmes e reunião:

Na tarde do dia 03 (terça-feira, das 14h às 17h), na manhã e na tarde dos dias 04 (quarta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h) e 05 (quinta-feira, das 8h às 12 e das 16h às 17h), na tarde do dia 06 (sexta-feira, das 14h às 17h) e na manhã do dia 07 (sábado, das 8h às 12h), haverá sessões de filmes sobre diversas tecnologias no Cinema Embrapa, espaço multimídia situado na Vila Embrapa. Os temas são: mudanças climáticas; agroecologia; conservação do solo e da água; hortaliças; fruticultura; mandiocultura; ILPF; e aquicultura.

Outra atividade prevista para onde vai funcionar o Cinema Embrapa é a reunião extraordinária do Grupo Gestor do ABC-TO, o plano de incentivo a uma agricultura de baixo carbono no estado. Ela está marcada para o dia 05 (quinta-feira), das 14h às 16h.

Estande – Na área do estande institucional, estarão presentes diversas Unidades da Embrapa – Arroz e Feijão (Santo Antônio de Goiás-GO), Informática Agropecuária (Campinas-SP), Informação Tecnológica (Brasília-DF), Amazônia Ocidental (Manaus-AM), Produtos e Mercado (escritório de Imperatriz-MA) e Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas-BA) – e a empresa Sementes Simão, licenciada para produção e comercialização da BRS Catiana.

Estarão expostas ainda as seguintes tecnologias: câmara de brotação de mandioca, sensor diédrico e sensor igstat nas estações tecnológicas; e fossa séptica, clorador, jardim filtrante, secador solar de frutas e ferramenta de baixo custo para amostragem de solo numa mostra tecnológica no próprio estande da Embrapa. Haverá também na feira a Livraria Embrapa, com publicações à venda sobre diferentes temas trabalhados pela empresa, e a apresentação de um desperfilhador de bananeira.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.