Após ameaça de grupo criminoso, PM faz mobilização para evitar invasão da Pharmakon em Araguatins

A Polícia Militar por meio do 9º Batalhão da PM em Araguatins, norte do Tocantins, deu início na manhã de sexta-feira, 06, uma Operação com o intuito de manter a ordem e a segurança pública em uma área de patrimônio público municipal, ameaçada de ser invadida por grupo de criminosos. A propriedade, localizada no antigo complexo industrial Pharmakon, fica às margens da Rodovia TO-010, altura do km 6, em Araguatins.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com levantamentos do serviço de inteligência da PM, grupos de invasores, já identificados, planejam invadir a propriedade realizando a ocupação ilegal do terreno. As medidas proativas que já estão sendo tomadas pela Polícia Militar buscam evitar o intento dos invasores, e um possível confronto, caso venha acontecer.

A Operação desencadeada pela Polícia Militar no Bico do Papagaio ocorreu após uma reunião ocorrida na quarta-feira, dia 04, entre a PM e a Prefeitura Municipal onde foram analisadas medidas a serem tomadas a fim de evitar a invasão naquela propriedade. O terreno já se encontra na justiça, conforme decisão liminar expedida pela Vara Cível da Comarca de Araguatins onde versa sobre o Mandado de Manutenção de Posse.

Toda a ação articulada pelo 9º Batalhão da PM ao comando do gestor da unidade, tenente-coronel Valdemi Silva Reis, conta com o apoio de vários policiais militares do 9º BPM e reforço das equipes especiais da PM do Tocantins, entre elas, Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE); Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPCHOQUE); Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (ROTAM); Força Tática (FT) e Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA).

De acordo com tenente-coronel Reis as equipes atuarão em Araguatins e toda a região tanto nas vésperas, como durante e depois das eleições do dia 15 deste mês. A Operação da PM visa gerar soluções plausíveis frente ao seu papel constitucional, que é o de preservar a ordem pública.

Comentários do Facebook