Marcelo Miranda e Brito Miranda Júnior

O ex-governador Marcelo Miranda (MDB) e o irmão dele, José Edmar Brito Miranda Júnior, continuam preso, Marcelo em uma sala de estado maior no quartel do comando geral da Polícia Militar e seu irmão na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP).

Eles foram presos no mês de setembro na operação 12º Trabalho da Polícia Federal, junto com o pai deles, por suspeita de integrarem um suposto esquema criminoso que teria desviado R$ 300 milhões dos cofres públicos. Eles estão presos há mais de 40 dias.

De acordo com a investigação, Brito Miranda e Brito Miranda Júnior funcionavam como pontos de sustentação para um esquema orgânico para a prática de atos de corrupção, fraudes em licitações, desvios de recursos, recebimento de vantagens indevidas, falsificação de documentos e lavagem de capitais, cujo desiderato [finalidade] era a acumulação criminosa de riquezas para o núcleo familiar como um todo.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.