Elias Sousa Silva, o “Nego William”, e Messias Alves Carvalho, o “Zé Trovão”, estão à disposição da Justiça
Elias Sousa Silva, o “Nego William”, e Messias Alves Carvalho, o “Zé Trovão”, estão à disposição da Justiça
Elias Sousa Silva, o “Nego William”, e Messias Alves Carvalho, o “Zé Trovão”, estão à disposição da Justiça

Dois acusados de assalto a bancos foram presos em Imperatriz em uma operação desencadeada pela Polícia Civil, através de policiais da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), sob o comando do Delegado Luís Jorge, e do Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública, núcleo de Imperatriz, comandado pelo delegado Tiago Bardhal.

A ação policial iniciou por volta de 5 horas dessa quinta-feira (21), ocasião em que os policiais civis prenderam Elias Sousa Silva, 23 anos, que usa o nome falso de William Silva Santos, vulgo “Nego William”, e Messias Alves Carvalho, 37 anos, que também é conhecido por “Cláudio” ou “Zé Trovão”.

Elias Sousa Silva é acusado de assalto à agência do HSBC de Araguaína. Na ocasião, ele e os seus comparsas tomaram o gerente do banco e a família como reféns e praticaram o conhecido “sapatinho”. Elias foi preso em uma residência na Avenida Industrial, próximo ao “Bar Rios”, Parque São José.

Quanto a Messias Alves Carvalho, o “Zé Trovão”, é acusado de envolvimento em um assalto à agência do Banco do Brasil da cidade de Buriticupu, ação criminosa praticada no dia 2 de outubro de 2013. Na ocasião, foram roubados R$ 600 mil da agência e o bando de “Zé Trovão” usou o método “sapatinho”, pois tomou o gerente e a família como reféns para praticar o assalto.

Com “Zé Trovão”, que já teve passagem por tráfico de droga, os policiais apreenderam um revólver calibre 38, municiado, e uma motocicleta Honda Bros, cor preta, placa OJI-8079 Imperatriz.

“Zé Trovão” teve mandado de prisão decretado pelo juiz Ailton Gutemberg Carvalho Lima, titular da comarca de Buriticupu. Elias deverá se transferido para a cidade de Araguaína, enquanto que Messias pode ser levado para São Luís.

Os dois se encontram à disposição da Justiça na Delegacia Regional.

Comentários do Facebook