Senador Aécio Neves (PSDB-MG)
Senador Aécio Neves (PSDB-MG)

Por 44 votos a 26, o Plenário do Senado manteve, em sessão desta terça-feira, 17, Aécio Neves (PSDB-MG) no cargo parlamentar. A decisão contraria o ato da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), que afastou, no último dia 26, Aécio do mandato, com base em denúncias de recebimento de propina pela empresa JBS. As acusações de corrupção e obstrução de Justiça constam da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), que também havia pedido a prisão do tucano, ao Supremo.

Aécio Neves enviou uma carta aos senadores pedindo a revogação das medidas cautelares estabelecidas pelo STF. No documento, ele se defende das acusações de que teria solicitado dinheiro proveniente de propina ao dono do grupo JBS, Joesley Batista.

Dos parlamentares do Tocantins, os Senadores Vicentinho Alves (PR) e Ataídes Oliveira (PSDB), votaram pela manutenção de Aécio Neves no cargo, já a Senadora Kátia Abreu (PMDB) votou pelo afastamento, seguindo o mesmo entendimento do STF.

Comentários do Facebook