Queimadas

Órgãos que integram o Comitê do Fogo no Tocantins iniciaram nesta sexta-feira, 25, mais uma ação integrada de fiscalização para inibir a ocorrência de queimadas irregulares na região central do Estado. A operação será realizada durante todo o final de semana em Palmas, Luzimangues, Paraíso do Tocantins, Barrolândia e Miracema.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O procurador de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional de Urbanismo, Habitação e Meio Ambiente (Caoma) do Ministério Público do Tocantins (MPTO), José Maria da Silva Júnior, ressaltou a importância das ações de fiscalização integrada, que contribuem para coibir a incidência de queimadas e incêndios florestais, bem como outras infrações contra o meio ambiente. “Como os fiscais são os primeiros a chegar nos locais onde ocorrem as infrações contra o meio ambiente, o trabalho deles é fundamental para que o Ministério Público possa buscar a responsabilização penal e civil dos infratores”, pontuou.

Segundo o coordenador-adjunto da Defesa Civil Estadual, tenente-coronel Erisvaldo de Oliveira Alves, o foco da operação é “inibir possíveis surgimentos de focos de queimadas, sejam na cidade ou zona rural, principalmente após as primeiras chuvas na região”, destacou.

O trabalho das equipes de fiscalização, com apoio de viaturas, aeronave, drones e barco, acontece simultaneamente em rotas que foram traçadas pela Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil do Tocantins, a partir dos dados gerados por imagens de satélite, pelo Laboratório de Geotecnologias do Ministério Público (LabGeo/Caoma) nas rotas de Palmas, e pelo Naturatins, no itinerário da fiscalização nos demais municípios.

As equipes de fiscalização são formadas por membros do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO), Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Batalhão da Polícia Militar Ambiental, Guarda Metropolitana Ambiental de Palmas, Guarda Civil e Secretaria de Meio Ambiente de Porto Nacional. O Exército Brasileiro e a Marinha do Brasil participam no apoio às atividades desenvolvidas no âmbito da Operação Verde Brasil. A atuação dos militares da Marinha será realizada por barco, com foco nas margens do Lago da UHE Luís Eduardo Magalhães.

Comentários do Facebook