Governador Helder Barbalho

A aprovação do governo Helder Barbalho cresceu no Pará, conforme pesquisa realizada nos dias 5 e 6 de setembro pelo Instituto Real Time Big Data, encomendada pela Record TV. Enquanto 64% dos entrevistados aprovavam a gestão em abril deste ano, em setembro este número aumentou para 69%. A sondagem mostra, ainda, que 50% da população considera o governo bom ou ótimo. Com relação ao desempenho do governador durante os oito meses de gestão, 49% consideram bom ou ótimo.

No que se refere às áreas do governo, 60% dos entrevistados afirmaram que a segurança pública está melhor durante a gestão de Helder Barbalho. No caso da saúde e da educação, 28% avaliam que está melhore 51% que está igual. Na parte de economia e geração de empregos, 22% afirmaram que a situação está melhor e 47% que está igual.

Com relação a situações polêmicas recentes envolvendo o Pará, 61% da população considera positiva a atuação de Helder Barbalho no caso da chacina do Guamá; 55% avaliam positivamente a atuação no episódio do massacre de Altamira e 76% consideram positiva a portaria que torna mais rígida a entrada de alimentos e visitas nos presídios estaduais.

Sobre as queimadas, 47% dos entrevistados consideram que Helder Barbalho está fazendo tudo o que está seu alcance para solucionar o problema; 20% avaliam que o governador está tentando uma solução, mas é algo que depende do presidente Jair Bolsonaro; 22% afirmaram que o governador está fazendo pouco 9% consideram que a atuação de Barbalho está piorando a situação.

Se a eleição fosse hoje, 89% daqueles que votaram em Helder Barbalho manteriam o voto e apenas 10% mudariam. Com relação ao seu adversário no segundo turno, Márcio Miranda, 32% dos eleitores mudariam o voto e 59% manteriam. Um total de 62% dos entrevistados votaria na reeleição de Barbalho para o governo.

Sobre o governo do presidente da República Jair Bolsonaro, 38% da população no Pará o consideram ótimo ou bom; 30% classificam como regular; 18% consideram ruim e 20% avaliariam como péssimo. Um contingente de 4% não soube responder.

A pesquisa foi realizada com 950 entrevistados no Pará e possui margem de erro de 4%. Confira a íntegra do material no arquivo em anexo.

Pesquisa-Helder-Barbalho-Pará.pdf

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.