Reunião em Araguatins
Eleição do IFTO

Ao defender uma mudança total no atual modelo de gestão do IFTO (Instituto Federal do Tocantins), o pré-candidato de oposição Frank Tamba esteve em visita ao Campus de Araguatins, no Extremo-Norte do Estado (Bico do Papagaio). Tamba defendeu uma gestão com coparticipação, na qual todos os campi irão receber a reitoria com frequência e terão interlocução direta com a gestão central. “Não podemos mais centralizar todas as decisões em Palmas. Precisamos atender a comunidade acadêmica como um todo, atendendo as demandas das diversas unidades do nosso instituto”, frisou Tamba.

 O pré-candidato fez a visita acompanhado de servidores do IFTO das cidades de Palmas, Paraíso, Colinas e Araguaína. Ao todo, a comitiva contou com mais de dez profissionais. “Nós somos uma coletividade, não um projeto individual de poder. Nos unimos pelo desejo de mudança e transformação da nossa instituição”, ressaltou Tamba.

Outra proposta apresentada pelo pré-candidato foi a retomada das concessões de bolsas para a qualificação dos servidores técnico-administrativos, projeto interrompido pela atual gestão. “Para ter um IFTO forte, temos que ter servidores técnicos qualificados, sempre querendo aprender mais. E não se podia cortar um programa tão importante, sem buscar uma alternativa. Nossa proposta é viabilizar o retorno desse projeto”, destacou.

Reunião em Araguatins

Durante a visita, Tamba relembrou sua história como responsável técnico do Sebrae/Araguatins e das parcerias estabelecidas, especialmente com a EAFA, hoje Campus Araguatins.  Conforme o ex-diretor Robson Peluzio, dessa relação institucional nasceu a amizade com o professor Tamba e seu apoio  a ele para a reitoria. Tamba falou, ainda, da sua experiência administrativa no IFTO como coordenador de área, diretor e gerente de relações empresariais e diretor geral da antiga ETF – Palmas, estrutura multicampi que contava ainda com as antigas unidades educacionais (hoje campi) de Porto Nacional, Gurupi e Paraíso do Tocantins.

Na reunião, a postura empreendedora do professor Tamba também foi destacada pelos participantes. Para quem participou do encontro, em momentos de crise como essa enfrentada em 2017 pelo IFTO na questão orçamentária, esta qualidade é muito importante para propor soluções, parcerias, convênios e, assim, permitir que o ensino, a pesquisa e a extensão sejam efetivamente de qualidade. “Ter um gestor que sempre foi presente no campus de Araguatins e que conhece o seu funcionamento traz tranquilidade”, disse o professor Raimundo Laerton.

Comentários do Facebook