PM da reserva é acusado de furar cerco policial com acusado de roubo e sequestro dentro do carro e apresentá-lo na delegacia em Palmas

O pastor e Tenente Coronel da Reserva da Polícia Militar do Tocantins, Walber é acusado por policiais militares de interferir em uma operação da PM para prender um bandido que roubou um veículo e sequestrou duas mulheres.

Walber é acusado de furar um bloqueio montado pela polícia na TO-010, com o bandido dentro do carro, o que gerou revolta de seus colegas policiais.

Após furar a barreira formada pela polícia, o Tenente da reserva seguiu direto a Central de Flagrantes da polícia civil em Palmas, onde o criminoso se entregou.

Em um vídeo gravado na porta da delegacia, o PM da reserva aparece chegando com o acusado, momento em que foi bastante criticado por outros policiais:

 

Comentários do Facebook