Cejusc e estudantes
Cejusc e estudantes

Tratar adequadamente os conflitos em todos os ambientes e propagar a cultura da paz e do diálogo. Com esse objetivo os facilitadores do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), da Comarca de Araguaína, realizaram ciclo restaurativo com estudantes de uma escola do setor Couto Magalhães.

A ação foi realizada no Colégio de Aplicação de Araguaína, na última terça-feira (22/8). Durante o encontro, os facilitadores enfatizaram as funções do Cejusc e, junto aos 50 adolescentes (entre 14 e 16 anos), debateram temas relacionados à família, expectativas para o futuro, autoconfiança e disciplina em sala de aula.

Além dos alunos, os professores da unidade também participaram do ciclo e, segundo a facilitadora Eliene Diniz da Silva, o momento foi de troca de experiências. “O encontro com certeza é importante para a formação desses jovens, nos deu o diagnóstico da situação deles  e vai refletir positivamente no aprendizado, evitando a evasão escolar e transformando os estudantes em multiplicadores da cultura do diálogo”, afirmou.

Segundo a coordenadora do Cejusc de Araguaína, juíza Umbelina Lopes Pereira, a iniciativa representa mais um viés da Justiça Restaurativa. “Os ciclos com os alunos são importantes porque visam a prevenção de conflitos envolvendo adolescentes, que são seres humanos em formação. Os pequenos conflitos são tratados na escola, fortalecendo princípios de respeito e autoconfiança”, afirmou a magistrada. (Maria Gabriela)

Comentários do Facebook