Os debates da Comissão de Estudos para o Novo Ordenamento Econômico, Administrativo, Social e Político do Tocantins – Cenovo – da Assembleia Legislativa, terão lugar em Guaraí nesta quinta-feira, dia 31, das 14 às 18h, na Faculdade Guaraí – FAG. Durante as andanças pelo Estado debatendo com a sociedade, instituições, universidades, federações, sindicatos e empresários os problemas enfrentados pelo Estado e apontando os rumos para se chegar ao desenvolvimento com justiça social, o presidente da Cenovo, deputado Paulo Mourão (PT), tem instigado a população a exigir dos governos que apresentem resultados.

Mourão também tem convidado a juventude a ocupar seu espaço, indo para as ruas debater política. Por onde passa, a Cenovo ouve as demandas locais para que o que for discutido vá para o relatório final da comissão e vire lei. “O orçamento do Estado tem que ser feito pelo desejo da maioria da cidadania, não só com o desejo da cabeça do governante, vamos exigir que as prioridades saíam da cabeça da cidadania”, defende Paulo Mourão.

Para o parlamentar, é preciso o fim da interferência política e o avanço da participação popular democrática nos processos decisórios do Estado. Entre as metas da comissão está a necessidade de se aumentar o Produto Interno Bruto (PIB) do Estado para gerar empregos, melhorar os investimentos e sobrar dinheiro para um planejamento mais qualificado. “Temos uma meta de nos próximos dez anos duplicar o PIB do nosso estado, que são a soma de todas as riquezas produzidas e, que hoje é algo próximo a R$ 25 bilhões”, afirmou.

Os investimentos em educação, ciência e tecnologia, saúde, setor produtivo e segurança pública qualificada estão entre os assuntos debatidos. Nas últimas reuniões, Paulo Mourão defendeu ainda um projeto de recuperação das bacias hidrográficas, diante da seca dos rios Formoso e Javaé, e a revisão dos incentivos fiscais. “O estado é para fazer política de desenvolvimento social”, argumentou.

Além das entidades, sindicatos, federações, prefeituras, câmaras municipais, sociedade organizada, a Cenovo tem o apoio do Tribunal de Contas – TCE, Ministério Público – MPE e Defensoria Pública que têm participado de todas as reuniões realizadas através dos seus representantes, Severiano Costandrade, José Omar de Almeida Júnior e Leonardo Coelho, respectivamente.

Temáticas

Lembrando que a Cenovo apresenta cinco temáticas a serem debatidas, sendo: I) Política de Desenvolvimento, Projetos Estruturantes de Investimentos. Cadeias produtivas e Sustentabilidade Ambiental; II) Política Fiscal, Tributária, de Pessoal e Previdenciária; III) Política de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação e Cultura empreendedora; IV) Política de Segurança Pública, Defesa e Inclusão Social; V) Política de Saúde e Bem Estar.

Inscrições

Os interessados em receber certificado de participação deverão se inscrever através do link: https://www.sympla.com.br/cenovo–guarai__183284

Retrospectiva

Um total de oito cidades já receberam as sessões regionalizadas da Cenovo: Palmas, Gurupi, Porto Nacional, Araguaína, Araguatins, Arraias, Dianópolis e Paraíso.

Comentários do Facebook