Foto: Reprodução/Instagram

Um médico identificado por Bruno Calaça, de 24 anos, foi assassinado a tiros durante uma festa no Maranhão. Ele comemorava a formatura no curso de medicina. Ele fez faculdade em uma instituição privada, localizada em Porto Nacional, a 66 km da capital tocantinense. Nas redes sociais, parentes e amigos fazem homenagens e pedem por justiça.

O velório é realizado na manhã desta terça-feira (27), no salão de uma funerária, em Porto Nacional. O sepultamento está previsto para esta terça, no cemitério São Pedro, no município.

Um vídeo captado por câmeras de segurança registraram o momento em que ele foi baleado na madrugada desta segunda-feira (24), em Imperatriz (MA). O principal suspeito do crime é o soldado da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), Adonias Sadda. Segundo a Polícia Civil, logo após o crime, ele fugiu do local e até o momento, não foi localizado. (G1)

Comentários do Facebook