Prefeito de Conceição do Araguaia, Valter Peixoto
Prefeito  de Conceição do Araguaia, Valter Peixoto
Prefeito de Conceição do Araguaia, Valter Peixoto

O prefeito do município de Conceição do Araguaia, Valter Rodrigues Peixoto, foi afastado do cargo por um prazo de 180 dias, sem prejuízo de seus vencimentos, após a Justiça Estadual por meio da juíza de Direito, Titular da 1ª Vara da Comarca de Conceição do Araguaia, Danielly Modesto de Lima Abreu, acatar o pedido de liminar do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA).

A determinação afasta ainda dos cargos e funções públicas os servidores acusados de envolvimento de irregularidades em licitação.

Entre eles estão o presidente da Comissão Permanente de Licitação, Eduardo Tadeu Gomes Rodrigues, o consultor jurídico do município de Conceição do Araguaia, Oliviomar Souza Barros, o servidor da Secretaria Municipal de Educação, responsável pelo setor de transporte, Geomar Maciel de Sousa e Lourival José Marreiro da Costa (suposto contador do município).

Também foi deferida a indisponibilidade dos bens dos requeridos, com base na Lei de Improbidade Administrativa, até o montante de R$ 2.719.056,64.

O Ministério Público do Estado do Pará (MPE), por meio da 3ª promotora de Justiça Titular de Conceição do Araguaia, Cremilda Aquino da Costa, propôs perante a Justiça uma Ação Civil Pública (ACP), por ato de improbidade administrativa.

As ocorrências são ligadas a licitações e contratos administrativos fraudulentos ao serviço terceirizado de transporte escolar no município de Conceição do Araguaia, no período de 2011 a 2014.

A justiça encaminhou na sexta-feira (4) ofício ao presidente da Câmara Municipal da cidade dando prazo de 48 horas para os vereadores empossarem no cargo de prefeito, a vice-prefeita do município, Zilma de Sousa, de 51 anos de idade do (PCdoB), que deve ser empossada ainda hoje em uma sessão extraordinária.(Fonte: A Notícia)

Comentários do Facebook