Os maquinários pesados já estão trabalhando em ritmo acelerado na obra de reconstrução da pavimentação asfáltica no perímetro urbano de Augustinópolis, rodovia TO-201, na região do Bico do Papagaio. Os serviços são executados pelo Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto).

Serão reconstruídos trechos de perímetros urbanos rodoviários abrangendo quatro municípios da região do Bico, norte do Estado: na TO-010 em Araguatins, TO-201 em Augustinópolis, TO-201 em Axixá do Tocantins e na TO-201. Trecho que passa por Ananás.

Em Augustinópolis, por onde foram iniciadas as obras, o perímetro urbano da TO-201 tem cerca de 7 km somando-se os dois lados da pista. Os serviços de manutenção também beneficiarão a revitalização do canteiro central. Após concluir os trabalhos neste trecho, as equipes seguirão para a próxima cidade da programação.

Segundo o coordenador da Residência da Ageto em Tocantinópolis, Túlio Labre, a obra vai garantir um melhor tráfego de veículos, o incentivo ao turismo, e melhorar a qualidade de vida dos cidadãos que passam pelo local. Nesta reconstrução será colocada uma capa asfáltica de CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente), além da sinalização viária, explica.

A rodovia TO-201 é um eixo que liga importantes cidades da região do Bico do Papagaio, e a pista encontrava-se deteriorada por causa da ação do tempo, mas a atual gestão estadual está finalizando, em mutirão, um conjunto de obras de conservação, recuperação e limpeza em 1.008,10 km de rodovias no Bico. Ao todo, são 43 trechos rodoviários, sendo 30 de rodovias pavimentadas, somando-se 574 km e 13 de rodovias não pavimentadas, em um total de 434,10 km.

Melhorar a trafegabilidade e a circulação de veículos e de pedestres, por meio de infraestrutura adequada, tem sido uma das prioridades da atual gestão do Governo do Tocantins, visto que a mobilidade é um dos fatores que promovem a melhoria da qualidade de vida da população, ressalta a secretária estadual da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin.

Comentários do Facebook