Em continuidade às ações de combate ao tráfico de drogas e à criminalidade em geral, em Araguaína, a Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC), Núcleo Norte, efetuou, no começo da tarde desta terça-feira (7), as prisões em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico, de três pessoas naquela cidade.

Segundo os delegados José Anchieta de Menezes Filhos e Alexander Pereira da Costa, responsáveis pela operação, há algum tempo, as equipes da DEIC-NORTE estavam realizando o monitoramento dos três indivíduos, devido a fortes indícios de que estariam praticando tráfico de drogas em Araguaína. “No início da tarde, efetuamos a abordagem de duas mulheres, as quais estavam em um Fiat Pálio, de cor branca, nas proximidades do setor Vila Ribeiro, e, após buscas no interior do veículo, localizamos e apreendemos algumas porções de maconha”, disse o delegado Alexander.

Em seguida, outra equipe da DEIC foi até a residência das duas mulheres, de iniciais, D.P.S, de 23 anos, e C.S.L, de 22 anos, no Setor Araguaína Sul, onde encontraram mais dois tabletes de drogas escondidos em um dos cômodos, totalizando quase 2kg de maconha, bem como balança de precisão, plástico filme para embalar o entorpecente, certa quantia em dinheiro, proveniente da venda de drogas, além de um caderno contendo as anotações e a contabilidade do tráfico.

Com a intensificação das buscas, no interior do imóvel, os policiais também localizaram vários invólucros envoltos em balões de gás, contendo fones de ouvido, carregadores e demais apetrechos de telefones celulares, já devidamente embalados, que, de acordo com os levantamentos realizados pela DEIC, poderiam ser introduzidos em partes íntimas e serem entregues a presidiários.

“As duas mulheres presas na ação de hoje são companheiras de dois detentos e, provavelmente, estariam praticando o tráfico de drogas a mando dos presidiários, sendo que o material apreendido, com o uso de bexigas, provavelmente seria repassado aos homens presos”, ressaltou ainda o delegado Alexander.

No momento em que os policiais da DEIC-NORTE, estavam na residência das mulheres, um homem de iniciais D.P.S, de 19 anos, que também mora na casa, chegou ao local na tentativa de pegar o entorpecente que estava escondido no imóvel. No entanto, também foi preso em flagrante.

Em seguida, os três indivíduos foram conduzidos até a Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguaína, onde foram autuados. Após a efetivação dos procedimentos legais cabíveis, o homem será encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA). As duas mulheres serão recolhidas à carceragem da Unidade Prisional Feminina de Babaçulândia, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.