O cão Barney morreu após entrar em um rio em busca de desaparecidos, no Sul do estado de Santa Catarina

O cão-bombeiro Barney, que atuou nas buscas da tragédia da Vale, em Brumadinho, morreu no início da noite de sexta-feira (3), após entrar em um rio em Içara, cidade do Sul de Santa Catarina. Ele era lotado no 5º Batalhão de Lages, na região Serrana do estado.

O animal atuava procurando por desaparecidos no local da morte, e não voltou à superfície depois de se jogar na água. Barney recebe homenagens nas redes sociais dos bombeiros militares catarinenses e em um perfil no Instagram que era mantido em seu nome.

Em nota, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado, registrou “profundo pesar” e lamentou a “irreparável perda” para toda a entidade, especialmente o militar que o acompanhava no binômio, soldado Rangel.

Após o resgate do corpo, o fiel amigo deve ser cremado. A corporação está acompanhando o caso e fornecendo apoio psicológico aos envolvidos na operação, já que o cachorro era muito querido por todos os bombeiros.

Veja aqui o perfil do cão valente no Instagram: https://www.instagram.com/p/BxBidRdnrsg/

(Hoje em dia)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.