O próprio pai desenterra filho que foi soterrado em acidente de trabalho

Nesta sexta-feira, 3, Yure Gabriel Monteiro Dor Val, 12 anos, morreu após ser soterrado em Araguanã, na região norte do Tocantins. De acordo com a Polícia Militar (PM), o menino acompanhava o pai no trabalho extração de areia no rio Araguaia, quando o acidente aconteceu.

Segundo a polícia, o adolescente costumava ir para o trabalho do pai. Enquanto ele trabalhava com uma draga, no local conhecido popularmente como Cascalheira, o garoto brincava.

Por volta das 16h30 desta sexta, o pai mandou o menino ir para casa e avisou que ia descarregar o equipamento com areia. Ele achou que o menino havia saído, mas ele continuou no local e começou a brincar nas mediações do trabalho. Sem que o pai o visse, grande quantidade de areia caiu por cima do menino.

Depois de realizar o trabalho, o pai foi para casa, mas o Yure não estava. Ele ligou para parentes, que também não souberam dar informações sobre o paradeiro de Yure.

O pai voltou ao local, chamou a Polícia Militar, e começou a procurar o menino. Com ajuda de colegas de trabalho, começou a cavar a terra e o garoto foi encontrado já sem vida.

O corpo de Yure foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Araguaína e o caso será investigado. (Com informações do G1)

Foto: Divulgação
Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.