Reprodução internet
Reprodução internet
Reprodução internet

O jogador Jay Hart, de 24 anos, que disputa a oitava divisão inglesa, do Clitheroe, foi mandado embora por ser flagrado fazendo sexo com uma torcedora do time no banco de reservas após uma partida.

Hart foi filmado fazendo sexo no banco de reservas durante uma partida festiva no Dia das Mulheres, uma promoção do clube que visava levar mais mulheres ao estádio.

Um torcedor que estava no estádio gravou a cena e compartilhou nas redes sociais. Em poucos minutos, milhões de pessoas já tinham assistido o vídeo.

Hart não ficou somente sem emprego, mas também sem mulher: ele era casado, e a esposa ficou sabendo do ocorrido. A mulher de Hart chegou a fazer declarações no Facebook sobre o caso, dizendo: “menos mal que meus filhos ainda não sabem ler”.

O jogador se desculpou publicamente, mas isso não evitou sua exclusão do elenco. Hart se disse “muito arrependido”, explicando que estava alcoolizado e não sabia que havia alguém filmando a relação sexual.(esporte.terra)

Comentários do Facebook