formação metodologica araguaína
formação metodologica araguaína
formação metodologica araguaína

O Curso de Formação Metodológica é obrigatório para a formação inicial de novos instrutores do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), coordenado pela presidente do Sistema CNA/FAET, senadora Kátia Abreu. Em Araguaína as aulas tiveram início nesta segunda-feira, 10, no auditório do SEBRAE. A nova turma possui 25 profissionais inscritos, todos com graduação, a maioria na área de Zootecnia e Medicina Veterinária. O curso termina na próxima sexta-feira, 14.

Segundo Ricardo Martim, um dos instrutores da capacitação, é necessário que os alunos conheçam os serviços e ações oferecidos pelo SENAR para poder repassar estas informações, com maior propriedade, para os alunos dos diversos cursos da Instituição. “Vamos trabalhar uma linguagem padronizada para que a divulgação das nossas ações chegue de maneira uniforme e alcance um resultado produtivo”, destacou o instrutor.

As aulas têm duração de oito horas diárias e serão conduzidas de forma prática e teórica. A expectativa é que os instrutores formados nesta turma possam atuar na região Centro-Norte do Tocantins com os cursos disponibilizados pelos programas PRONATEC; Formação Profissional Rural; Negócio Certo Rural; Travessia Leite; Com Licença, Vou à Luta e demais cursos ofertados pelo SENAR.

 (Ascom/Senar)

Comentários do Facebook