A Polícia Militar do Estado do Tocantins, por intermédio do Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e Divisas (BPMRED), encerrou nesta segunda-feira, 16, a Operação Nossa Senhora Aparecida, que teve por objetivo reforçar a segurança e fiscalizar a malha rodoviária estadual.

Para a operação foram empregados policiais militares do serviço administrativo e operacional, reforçando assim, o policiamento nos postos rodoviários estaduais bem como patrulhamento nos trechos críticos, visando principalmente coibir a prática de crimes e infrações de trânsito.

Ações como bloqueios (blitzen) em pontos estratégicos, intensificação de abordagens a motocicletas, veículos de passeio e veículos interestaduais de transporte de passageiros foram realizadas em busca de coibir condutas criminosas e imprudência no trânsito tais como: ultrapassagem indevida, excesso de velocidade, falta de equipamentos de segurança e embriaguez ao volante.

Na operação Nossa Senhora Aparecida foram registrados 27 ocorrências, dentre elas: atropelamento de semovente com vítima de lesões, atropelamento de semovente sem vítima de lesões, oito por capotamento com vítima de lesões, uma por capotamento sem vítima, duas por choque sem vítima, duas por colisão com vítima de lesões, quatro por queda de veículo com vítima de lesões, duas por colisão com vítima fatal, uma por conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada por influência de álcool.

Os policiais militares constataram ainda irregularidades administrativas em 308 abordagens, sendo necessária a confecção dos autos de infrações de trânsito rodoviário que decorreram no recolhimento de 10 carteiras de habilitação e 25 certificados de registro e licenciamento de veículos (CRLV).  Um veículo com registro de roubo também foi recuperado pela PM.

Como resultado das ações desenvolvidas pelo BPMRED foi possível executar um total de 1.625 abordagens, sendo que 589 foram a motocicletas, 957 a veículos de passeio, 67 a caminhões, nove a carretas, uma a  ônibus e duas  a vans.

Sobre a operação, o comandante geral da PM, coronel Glauber de Oliveira Santos, ressaltou o comprometimento dos policiais militares que trabalharam de maneira incisiva durante o feriado prolongado no sentido de prevenir acidentes de trânsito e ações delituosas em todo o estado.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.