Produtos apreendidos com a dupla

A Polícia Federal prendeu na tarde desta quarta-feira (18) dois suspeitos de estelionato em Araguaína, norte do Tocantins. Conforme a PF, eles clonaram o site das Lojas Americanas e conseguiram furtar dados de centenas de clientes. As investigações apontaram que o esquema existia há mais de seis meses e os criminosos compravam pelo menos 30 celulares por semana com informações roubadas.

Os suspeitos foram presos no setor Anhanguera. “Eles estavam recebendo um valor muito grande de mercadorias pelos Correios. Nós mapeamos os endereços em que eles recebiam e conseguimos chegar até eles. Algumas casas eram alugadas somete para isso”, disse o delegado Alan Reis.

De acordo com o delegado, os parelhos celulares eram revendidos abaixo do valor de mercado. Porém, os suspeitos faturavam mais de R$ 20 mil por semana. O esquema funcionava há pelo menos seis meses.

“Fizemos a análise dos computadores e a fraude foi comprovada. Clonaram o site das Lojas Americanas e tinham uma quantidade absurda de dados de pessoas do país inteiro. Depois eles acessavam o site do Extra e realizavam compras de celulares, cerca de 30 por semana”, contou o delegado.

Com os suspeitos foram encontrados 15 celulares, uma TV, além de equipamentos de som automotivo. A mercadoria está avaliada em mais de R$ 40 mil. “A gente acompanhou o esquema durante um mês, mas testemunhas disseram que já tinham dado o endereço para receber aparelhos há cerca de seis meses. Então o esquema pode ter até um ano.”

As pessoas que deram o endereço para receber mercadoria, contaram recebiam um celular como pagamento. “Eles podem responder por receptação”, afirmou Reis. Os dois suspeitos devem ser indiciados por estelionato. (G1)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.