A Assembleia Legislativa realizou nesta segunda-feira, 16, Sessão Solene para outorgar os Títulos de Cidadão Tocantinense a 22 personalidades. Entre os homenageados, estão as Desembargadoras, Ângela Prudente, Etelvina Sampaio e Maysa Vendramini, a Juíza Célia Régis e o Empresário Edilson Dutra, indicados pela deputada estadual, Valderez Castelo Branco (Progressistas) em reconhecimento a sua relevante história de vida e serviços prestados ao Estado do Tocantins.

O título se equipara a uma adoção oficial. O homenageado passa a ser uma pessoa do lugar, mesmo que não tenha nascido ou não resida no local que lhe agraciou a honraria. Torna-se, assim, um irmão, um conterrâneo. Para receber tal homenagem, faz-se necessário que se diga o que ele fez em defesa do povo do Tocantins, sem visar lucros, interesses pessoais ou profissionais.

A vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, Desembargadora Ângela Prudente, usou a tribuna em nome dos homenageados e reforçou a importância desta comenda. “Embora nem todos tenham tido o privilégio de nascer aqui, sempre se sentiram tocantinense de coração. Agradecemos aos deputados desta Casa, em especial a deputada Valderez Castelo Branco pela iniciativa dessa gentil homenagem. Prometemos honrar este título”, declarou.

Para Valderez ser cidadão ou cidadã tocantinense é poder envolver-se com o Estado e ser considerado digno de honra pela sua notável contribuição para a sociedade. “Sinto-me orgulhosa em indicar tamanha honraria para mulheres do Judiciário e também para este empresário, que promove geração de emprego e renda para mais de 500 famílias. São pessoas que se dispuseram a trabalhar em prol do desenvolvimento do Tocantins e por isso devem ser reconhecidas”, afirmou.

Mesa Diretora

Fizeram parte da Mesa o Presidente da Assembleia Legislativa, Deputado Estadual Antônio Andrade; a Vice-presidente do Tribunal de Justiça e Desembargadora Ângela Prudente; o Presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas, Deputado Estadual Marcelo Victor; a Senadora da República, Kátia Abreu; o Presidente do TRE-TO, Dr. Eurípedes Lamonier; a Procuradora de Justiça, Dra. Vera Nilva Lira, representando o Procurar Geral de Justiça, José Omar de Almeida Junior e o Empresário e técnico de futebol, Vanderlei Luxemburgo.

Comentários do Facebook