PF / Foto: Divulgação
PF / Foto: DivulgaçãoPF

A Polícia Federal concluiu nesta terça-feira, 10, a operação GATO DO MATO, deflagrada no último 27 de novembro, quando foram cumpridos 3 mandados de prisão preventiva e 5 mandados de busca e apreensão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A partir dos indícios e elementos de prova colhidos durante a deflagração, foi identificado o último autor do furto qualificado à agência dos CORREIOS de Pedro Afonso/TO, na  madrugada de 7 de abril deste ano, que havia se evadido durante intervenção da Polícia Militar, logo após os criminosos deixarem a agência.

Nesta data foi cumprido mandado de prisão preventiva, expedido pela 4ª Vara Federal de Palmas, nas dependências da Casa de Prisão Provisória, onde o último autor identificado encontra-se preso, em razão de outros crimes, inclusive roubos praticados com arma de fogo.

O nome da operação foi escolhido em alusão a animal de hábitos terrestres, bastante ágil, que possui vida ativa durante a noite, como uma estratégia para fugir dos predadores de hábitos diurnos.

Comentários do Facebook