O Hospital Geral de Palmas (HGP) por meio do Núcleo de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalhador (NASST) e do Serviço de Controle de Infecção (SCIH), está realizando a Campanha Adorno Zero, que tem o objetivo de conscientizar e sensibilizar os servidores do HGP, sobre a importância de não utilizar adornos no ambiente hospitalar, visando a prevenção de infecções e acidentes de trabalho. As ações começaram nesta terça-feira, 10 e seguem até o dia 19, de dezembro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo o técnico de segurança do trabalho do HGP, Gicellion Pereira Silva, a campanha iniciou com a comunicação a todos os gestores para que as informações fossem replicadas em cada setor. “Hoje nós do NASST juntamente com a equipe do SCIH começamos as visitas que já estavam pré-agendadas pelos setores do HGP passando orientações aos servidores, para que os mesmos se conscientizem sobre os riscos de infecção e de acidentes de trabalho relacionados ao uso dos adornos durante as atividades laborais, tanto para os servidores quanto para os pacientes.”

A Ana Claudia Dias Bastos, enfermeira do SCIH, explicou que a Campanha visa atender a Norma Regulamentadora nº 32 (NR 32) do Ministério do Trabalho que alerta sobre a proibição do uso de adornos, como brincos, aliança, anel, pulseira, piercing, relógio, colar, entre outros. “O não uso de adornos pode evitar infecções relacionadas à assistência à saúde, transferências de microrganismos patogênicos, bem como evitar acidentes de trabalho.”

Ela explicou também, que é de extrema importância a participação dos servidores. “É através da sensibilização, conscientização e mudanças de hábitos, que poderemos mudar a cultura do uso de adornos e com isso promover um ambiente de trabalho salubre e livre de riscos provenientes do uso de adornos,” concluiu.

Comentários do Facebook