O vice-governador Wanderlei Barbosa anunciou que o Estado alcançou o atendimento dos 139 municípios do Estado com, pelo menos, um currículo do Proerd

O vice-governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, anunciou nesta terça-feira, 3, durante evento no Parque do Povo, na Capital, que o Estado alcançou o atendimento dos 139 municípios com, pelo menos, um currículo do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). A declaração foi feita durante a cerimônia de formatura de 901 estudantes de 11 escolas de Palmas, que participaram dos cursos do Programa neste ano.

“É com muita alegria que nós estamos vendo os resultados de um trabalho conjunto que beneficia toda a sociedade. As crianças de hoje que estão sendo instruídas e orientadas sobre os perigos das drogas serão os bons cidadãos que formarão uma sociedade mais pacífica no dia de amanhã”, declarou o vice-governador Wanderlei Barbosa, que na ocasião estava representando o governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse.

Segundo a coordenadora Estadual do Proerd, coronel Alaídes Pereira Machado, o esforço conjunto do Governo do Tocantins com os municípios, poderes legislativos e judiciários, escolas e famílias colocou o Tocantins como primeiro estado da federação a atingir essa meta. “Somos o primeiro Estado a ter essa conquista, somos a primeira polícia a ter essa conquista e esse é o nosso legado para a sociedade tocantinense”, comemorou.

Os currículos do Proerd são voltados para alunos da educação infantil, alunos do 5º e 7º anos, além dos pais, o que amplia a ação para as famílias e comunidades. De acordo com o comando-geral da Polícia Militar, desde que foi implantado há 17 anos, o Proerd já formou mais de 440 mil alunos.

“Não resta dúvida que com a expansão desse programa, estamos buscando atingir um número cada vez maior de alunos, fazendo com que sejam despertadas, a consciência e a necessidade de realmente se manter longe das drogas e da violência”, afirmou o comandante-geral da PM no Tocantins, coronel Jaizon Veras Barbosa.

Destaques

Durante a formatura, foram destacadas as 11 melhores redações produzidas pelos alunos do 5º ano das escolas municipais de Palmas atendidas pelo Proerd.

Estudante da Escola de Tempo Integral Aprígio Tomaz de Matos, Natália Souza Vidal, que conseguiu o melhor conceito em sua redação, deu um testemunho de como a orientação do programa foi importante para resolver um drama familiar de envolvimento com bebidas alcoólicas. “Antes, o meu tio bebia muito. Graças ao professor João Paulo, ele me aconselhou para que eu falasse com ele. Então, eu conversei e ele entendeu e agora está tranquilo, ele não bebe mais”, escreveu.

Já a aluna do Colégio Esportivo Militar do Corpo de Bombeiros (Cemil) Professora Margarida Lemos, Yasmin Daniel Ferreira, que conquistou o segundo melhor conceito das redações em destaque, disse que Proerd fez a sua turma refletir sobre os riscos do vício em drogas e álcool. “O Proerd é fundamental para crianças e jovens porque eles são mais vulneráveis a entrar no vício das drogas. O Proerd também ensinou como falar não para os amigos. Não só para os amigos, mas parentes ou qualquer outra pessoa que te oferecer droga ou álcool”, redigiu.

Proed

O Proerd é um dos principais programas educacionais do mundo. Foi criado pelo Departamento de Polícia da cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, em 1983, e hoje a iniciativa já está presente em 58 países. O Programa foi traduzido e adaptado para a realidade brasileira em 1992, pela Polícia Militar do Rio de Janeiro. A sua implantação no Tocantins aconteceu em 2002 e agora, em 2019, atingiu a marca histórica de ser o primeiro estado brasileiro a levar o Proerd para 100% dos seus municípios.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.