Em resposta à cobrança do SISEPE-TO, a AGETO respondeu à solicitação protocolada pelo Sindicato ainda nesta semana. No dia 22 de novembro de 2021, o SISEPE-TO notificou extrajudicialmente o presidente da Agência Tocantinense de Transportes e Obras, Márcio Pinheiro Rodrigues, pelo descumprimento da AGETO em Dianópolis ao decreto n.º 6.331, de 28 de outubro de 2021, (DOE N.º 5.957). De acordo com o apurado pelo SISEPE-TO, os servidores sindicalizados que trabalham na AGETO em Dianópolis estão tendo que cumprir a jornada de 8h diárias de trabalho.
A AGETO respondeu ao SISEPE-TO sobre ao possível descumprimento ao Decreto n.º 6.331, de 28 de outubro de 2021, por meio do Ofício nº 1370/2021, que os servidores efetivos e comissionados estão cumprindo a jornada de 6h diárias e que apenas os servidores das engenharias, campo, almoxarifado, mecânica e escritórios, etc, precisam alternar plantões e que, por necessidade de realizarem trajetos longos, ocorre de ultrapassar as 6h diárias na carga horária de trabalho. Todavia, o órgão informou que as horas ultrapassadas serão compensadas com folgas.

De acordo com o presidente do SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro, esse é o resultado da atuação do Sindicato na defesa das causas dos seus sindicalizados. “Vamos continuar defendendo os servidores. O nosso papel é identificar os problemas e defender os sindicalizados em busca de soluções rápidas”, destacou Cleiton Pinheiro.

Comentários do Facebook