Uma ação conjunta entre as Polícias Militar e Civil realizada na tarde dessa sexta-feira, 30, resultou na condução de nove pessoas, de 18 a 24 anos e três menores entre 15 e 16, à Central de Flagrantes em Araguatins, acusadas de envolvimento com o tráfico interestadual de drogas, corrupção de menores e receptação, no centro da cidade de Augustinópolis, norte do Tocantins.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O resultado da operação foi fruto de investigações iniciadas pela PC que identificou um dos autores presos, 22 anos, morador de São Miguel do Tocantins, como sendo o principal fornecedor de drogas para traficantes de Augustinópolis, que acabaram presos durante a ação das Polícias.

O traficante estava em um veículo Fiat Pálio e vinha de Imperatriz-MA quando foi abordado pela PM assim que entrou na cidade de Augustinópolis. Além do autor, mais dois suspeitos que também estavam no veículo acabaram presos. No interior do carro os policiais localizaram 100 gramas de cocaína, dois centos de embalagem plástica, própria para armazenamento da droga, um aparelho celular roubado, além de R$ 160,00 em espécie.

Com a prisão do autor acusado de ser o fornecedor dos entorpecentes, os policiais chegaram até aos demais envolvidos na ação criminosa. Na residência dos acusados de revenderem a droga, as forças de segurança aprenderam dinheiro, “dolas” de maconha, pedras de crack, uma balança de precisão, papéis alumínio e insulfilme. Os responsáveis pelas residências, onde algumas delas funcionavam como ponto de venda de droga, conhecida por “boca de fumo”, onde foram apreendidos os objetos, acabaram presos acusados de associação ao tráfico. No quintal da casa do principal traficante, os policiais apreenderam tabletes de maconha pesando aproximadamente meio quilograma.

Ao todo, os policiais apreenderam quase R$ 600,00 reais em espécie, mais de meio quilo de maconha, 100 gramas de cocaína, aproximadamente 35 pedras de crack, seis aparelhos celulares, dentre outros materiais ligados ao tráfico. Os objetos aprendidos juntamente com os suspeitos e menores foram entregues ao plantão na Central de Flagrantes para as providências legais cabíveis

Comentários do Facebook