Exame papiloscópico realizado pela Polícia Civil do Tocantins, por meio do Instituto de Identificação, órgão vinculado à Superintendência da Polícia Científica, confirmou rapidamente, a identidade de dois motoristas envolvidos em um grave acidente na BR-153, km 380, próximo ao município de Rio dos Bois, região Norte do Tocantins, ocorrido no último sábado, 21.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A identificação dos cadáveres foi realizada por papiloscopistas do 3º Núcleo Regional de Papiloscopia de Colinas do Tocantins. Logo após a necropsia foi efetuado o exame técnico padrão de papiloscopia, que confirmou as identidades dos corpos.

De acordo com a papiloscopista, Josimeiry Galvão Veloso Guimarães, que trabalhou no processo de identificação dos corpos, o resultado foi possível por meio de cruzamento entre as informações da coleta e busca de informações pessoais e biométricas dos prontuários de identificação civil fornecidos pelos Institutos de Identificação das Unidades Federativas onde as vítimas possuíam Registro Civil.

Os corpos já foram liberados aos familiares. De acordo com superintende de Polícia Científica, Dunya Wieczorek Spricigo de Lima, a Polícia Civil tem trabalhado para elucidar todas as demandas de forma legitimada, valendo-se sempre dos melhores recursos disponíveis para a realização desse trabalho.

Acidente

O acidente aconteceu no KM 380 da BR-153, próximo ao município de Rios dos Bois, na região norte do Estado, por volta das 17h30 do dia 21 de novembro de 2020. O acidente envolveu dois caminhões e uma caminhoneta os motoristas morreram na hora.

Os exames confirmaram que se tratavam de corpos de um homem de 45 anos e outro de 50 anos. Os laudos necropapiloscópicos de identificação foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Colinas do Tocantins para os procedimentos cabíveis.

Comentários do Facebook