Romênia Brito, de 28 anos, natural de Buriti do Tocantins, cidade do Norte do Tocantins, foi assassinada com vários golpes de faca pelo próprio marido na madrugada de segunda-feira, 23, no Suriname. Sem condições, a família pede ajuda das autoridades para realizar o translado do corpo do país vizinho para o Brasil, eles dizem estar sem informações nenhuma. A vítima tinha dois filhos com o assassino, que estão no Suriname, a família diz que não sabe aos cuidados de quem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Comentários do Facebook