Suspeitos de homicídio em Arraias são presos pela Polícia Civil
Suspeitos de homicídio em Arraias são presos pela Polícia Civil

Em menos de 24 horas, a Polícia Civil do Tocantins, através da Delegacia de Polícia de Arraias, localizada a 427 quilômetros de Palmas, conseguiu elucidar o homicídio de José Luiz, vulgo Zé Pestana, que, após as primeiras informações, teria sido morto por dívida de drogas, entretanto, os pertences da vítima foram levados, incluindo uma motocicleta, que ainda não foi localizada. O crime teria acontecido na noite do último domingo, 18, porém, as investigações só tiveram início na quarta-feira, 20, após a notícia do desaparecimento da vítima.

De acordo com o delegado José Antônio da Silva, a Polícia Civil identificou dois dos adolescentes autores que indicaram o local em que abandonaram o corpo, em um matagal no setor Flamboyant, na cidade de Arraias. “Diante da confirmação da materialidade do crime, passamos, então, a diligenciar no sentido de localizar os outros autores do delito. Gostaríamos de registrar o comprometimento da equipe de policiais da Delegacia de Polícia de Arraias, como também a celeridade do Judiciário na expedição dos mandados de prisão”, afirmou.

Ainda segundo o delegado, todos os autores eram traficantes, sendo um dos motivos do crime uma suposta dívida de drogas. Nas prisões, quatro adolescentes foram apreendidos por ordem judicial e um adulto preso em flagrante pela ocultação do cadáver. As armas do crime foram localizadas e também foram apreendidas drogas e munições.

Comentários do Facebook