Ponto de Encontro dos Advogados Protagonistas ficou completamente lotado

 

Ponto de Encontro dos Advogados Protagonistas ficou completamente lotado
Ponto de Encontro dos Advogados Protagonistas ficou completamente lotado

Na reta final da campanha, a OAB Protagonista, chapa de oposição nas eleições da OAB-TO (Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins), reuniu, no sábado dia 21, muitos advogados públicos e professores de Direito em encontro no Ponto de Encontro do Advogado Protagonista.

Com vários professores e advogados públicos na chapa, o encontro serviu para reforçar a importância dessas duas categorias para a OAB. Entre as propostas do grupo, está a autonomia de gestão para ESA (Escola Superior de Advocacia), inclusive com a possibilidade de transformá-la em Fundação para que possa fornecer cursos de mestrados profissionalizantes.

“Hoje nós temos muitos jovens advogados que não tem o apoio necessário da OAB e acabam tendo muitos problemas. A falta desta formação tem que ser resolvida e por isso apoio da academia é muito importante”, destacou o candidato a presidente, Walter Ohogfugi.

Candidata a vice-presidente, Lucélia Sabino destacou que, atualmente, os advogados públicos não se sentem pertencentes a OAB. “Só entram em contato conosco no momento da anuidade”, ressaltou Lucélia ao destacar que, em caso de vitória, o grupo vai buscar a solução de vários problemas.

Entre as dificuldades dos advogados públicos estão a diferença salarial nos poderes e instituições e a falta de diálogo com a Ordem.

Comentários do Facebook