Wanderlei Barbosa recebe empresários da Granol, para discussão sobre a situação do setor industrial no Tocantins

O vice-governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, juntamente com o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, Tom Lyra, recebeu na manhã desta segunda-feira, 26, os diretores da Granol. No encontro, foram discutidas políticas de industrialização no Estado do Tocantins.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Durante a reunião, que ocorreu na Vice-Governadoria, no Palácio Araguaia, foram discutidas ações para a garantia de matéria-prima a ser industrializada no Tocantins, a exemplo dos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do prosseguimento ao projeto de infraestrutura básica, trevo e asfalto do Distrito Industrial de Porto Nacional.

De acordo com o gerente da unidade industrial, Marcelo Landa Cardoso, os assuntos tratados necessitam de apoio do Governo para que mudanças sejam feitas na legislação a fim de que mais matéria-prima (soja) fique no Estado, fomentando a geração de emprego e renda. “A infraestrutura do distrito industrial de Porto nacional é um importante projeto já aprovado, mas que precisa de apoio político para sua execução, o que irá viabilizar mais investimentos e novas empresas poderão se instalar no distrito industrial. A Granol espera por essa infraestrutura há muitos anos, desde sua instalação em 2012, já tendo investido em um processo moderno de esmagamento de soja com investimento de aproximadamente R$ 600 milhões”, pontuou.

O Vice-governador destacou a importância do projeto de industrialização com matéria-prima regional para atrair outros investimentos ao setor. “O Tocantins possui um enorme potencial para esse processo, pois é estrategicamente situado, e o Governo tem interesse e vontade política, que é fundamental para a industrialização. Com certeza, este projeto vai atrair outros investimentos neste setor”, disse o vice-governador Wanderlei Barbosa.

“Temos projeto de trazer o óleo refinado envasado para o estado do Tocantins, quanto mais soja nós esmagarmos para produzir biodiesel, mais farelo de soja teremos para alimentação animal”, afirmou o diretor da Granol, Ronaldo Marques Sartori.

O Vice-governador destacou a importância do projeto de industrialização com matéria-prima regional para atrair outros investimentos para o setor

Wanderlei Barbosa falou da grandeza do projeto e ressaltou ainda a importância do andamento de infraestrutura tanto para Porto Nacional quanto para o Tocantins. “Estamos aqui para buscar aumentar a receita do Estado sem aumentar imposto para a população, temos que pegar as potencialidades do Estado e as fazer crescer, o convencimento com o setor produtivo tanto o Governo quanto a Granol irão fazer, vamos buscar sim o andamento deste projeto”, destacou Wanderlei.

Além do vice-governador e do secretário Tom Lyra, estiveram presentes o diretor da Granol, José Anthero Catanio Pelloso; o diretor Ronaldo Marques Sartori; o gerente da unidade industrial, Marcelo Landa Cardoso; e o gerente administrativo, Jordel Souto Brito Machado. (Ascom/Vice-governadoria)

Comentários do Facebook